5 dicas para aumentar a confiança dos seus alunos em provas e testes

É dia de prova. Seus alunos entraram confiantes em sala? Ou você sente neles aquele clima de medo digno de um filme de terror? Independentemente de você estar aplicando uma prova de primeiro bimestre ou ainda o exame final, você pode ajudar seus alunos a adquirir confiança e fazer uma boa prova com algumas dicas simples.

1. Use vocabulário acadêmico em sala de aula.

Se seus alunos não entenderem as palavras usadas nos enunciados das questões, eles nem poderão começar a respondê-las. Assim, uma das melhores maneiras de ajudá-los a se prepararem para as avaliações é acostumá-los à linguagem acadêmica usada nas perguntas de provas – palavras como ‘explique’, ‘analise’, ‘discorra’ e ‘identifique’. Assim, eles ficam mais familiarizados com o vocabulário utilizado, o que facilita o entendimento e reduz a tensão.

2. Ensine estratégias de verificação de respostas.

Dedique tempo a equipar seus alunos com estratégias que os ajudem a verificar suas respostas e a agir de maneira mais inteligente. Mostre-lhes como trabalhar para trás, para frente, como reduzir as possibilidades das respostas de múltipla escolha, como revisar seus textos e como circular termos essenciais na leitura dos enunciados. Dessa forma, quando o tempo de prova começa a correr, eles terão um arsenal de maneiras para garantir que suas respostas estejam no caminho certo.

3. Lembre seus alunos das técnicas de estudo.

Assim como as estratégias de verificação de respostas, seus alunos precisam aprender uma variedade de métodos para estudar de forma efetiva. Cada um tem seu método preferido, mas você pode incentivá-los a fazer resumos, a estudar com um amigo e a praticar fazendo exercícios. Que outras técnicas você pode sugerir?

4. Concentre-se em habilidades essenciais.

É fácil ser pego na tentação de cobrar fatos nas questões, forçando a famosa “decoreba”. Em vez disso, a melhor maneira de ter provas e testes assertivos é ajudando seus alunos a desenvolverem as habilidades essenciais de cada lição. Isso significa certificar-se de que eles saibam ler atentamente, identificar os problemas corretos, construir argumentos lógicos e apresentá-los de uma maneira fluida e fácil de entender.

5. Use uma linguagem positiva.

Você sabe que seus alunos são inteligentes e que você lhes deu o conhecimento de que precisam para se saírem bem na prova. Não se esqueça de motivá-los todos os dias com comentários positivos e edificantes e, no dia da prova ou teste, escreva uma mensagem como “Vocês estão preparados!” ou “Façam uma boa prova” no quadro. Pode parecer besteira, mas faz toda a diferença para eles.